Tortuga Câmaras de Ar

Contato

  • Unidade Curitiba
    R. Alberto Klemtz, 441 . Portão
    CEP 80330-380 . Curitiba . PR . Brasil
    Tel: 55 41 3314-3100 | 0800 411919
    Fax: 55 41 3314-3152
  • Unidade Araucária
    Av. das Araucárias, 5500
    CEP 83707-000 . Araucária . PR . Brasil
    Tel: 55 41 3643-199

Home Coleção Tortuga bom caminhoneiroSaúde

Coleção Tortuga bom caminhoneiro

Saúde para o caminhoneiro

Primeiros socorros

Se todos soubessem noções básicas de primeiros socorros muitas vidas poderiam ser salvas.

Se todos soubessem noções básicas de primeiros socorros muitas vidas poderiam ser salvas. Quem roda pelas estradas deve estar sempre preparado para ajudar!

Parada cárdio-respiratória

Como identificar: Ausência de respiração e pulsação, inconsciência, pele fria e pálida, lábio e unhas azulados.
  • Verifique então se há alguma coisa na boca que impeça a respiração. Se tiver, retire.
  • Com a pessoa no chão, coloque uma mão sobre a outra e localize a extremidade inferior do osso vertical que está no centro do peito. Ao mesmo tempo, uma outra pessoa deve aplicar a respiração boca-a-boca, firmando a cabeça da pessoa e fechando as narinas, mantendo o queixo levantado para esticar o pescoço.
  • Enquanto o ajudante enche os pulmões, pressione o peito a intervalos curtos de tempo, até que o coração volte a bater. 
  • Esta seqüência deve ser feita da seguinte forma: se você estiver sozinho, faça dois sopros para cada dez pressões no coração; se houver alguém ajudando-o, faça um sopro para cada cinco pressões.

Transporte de vítimas

  • Se houver suspeita de fraturas no pescoço e nas costas, evite mover a pessoa.
  • Para puxá-la para um local mais seguro, mova-a de costas, no sentido do comprimento com o auxílio de um casaco ou cobertor.
  • Para erguê-la, você e mais duas ou três pessoas devem apoiar todo o corpo e colocá-la numa tábua ou maca. Se precisar, improvise com pedaços de madeira, amarrando cobertores ou casacos.
  • Apóie sempre a cabeça, impedindo-a de cair para trás.

Fraturas

  • Não movimente a vítima até imobilizar o local atingido.
  • Não dê qualquer alimento ao ferido, nem mesmo água.
  • Imobilize o osso ou articulação com uma tala.
  • Mantenha o local afetado em nível mais altos que o resto do corpo e aplique compressas de gelo para diminuir o inchaço, a dor e o hematoma.

Sangramentos

  • Em caso de hemorragia externa, procure manter o local que sangra em plano mais alto que o coração.
  • Pressione firmemente o local por cerca de 10 minutos, comprimindo com um pano limpo dobrado ou com uma das mãos.
  • Se o corte for extenso, aproxime as bordas abertas com os dedos e as mantenha unidas. Ainda, caso o sangramento pare, pressione com mais firmeza por mais 10 minutos.
  • Quando parar de sangrar, cubra o ferimento com uma gaze e prenda-a com uma atadura firme, mas que permita a circulação sangüínea.
  • Quando houver sangramentos intensos nos membros, comprima a artéria ou a veia responsável pelo sangramento contra o osso, impedindo a passagem de sangue para a região afetada.
  • Os sinais mais evidentes de sangramento interno são: pele fria, úmida e pegajosa, palidez, pulso fraco, lábios azulados e tremores.Neste caso, chame o socorro médico imediatamente, não dê alimentos à vítima e nem a aqueça demais com cobertores.

Não esqueça:
Ao ver um acidente, ligue imediatamente para a Polícia Rodoviária Federal ou Estadual ou para o telefone de emergência da autopista. Esses números variam de uma estrada para outra, por isso é preciso mantê-los sempre atualizados. Deixe os números anotados no caminhão e no celular. 

 


Saúde

Negócios

Segurança

SPVS

© Tortuga . Todos os direitos reservados.

Webmail Tortuga